quinta-feira, 27 de agosto de 2009

...sexo e física quântica


Como professor, tenho encontrada muita gente bem intencionada e bastante motivada que vem me apresentar coisas que elas consideram interessantes. "Professor, o senhor conhece o filme tal?" "Eu li em tal lugar que tal coisa é assim ou assado: o quê o senhor acha?"

Como professor com formação em física, muitas vezes as pessoas me apresentam coisas que elas imaginam serem relacionadas à mecânica quântica. "A mecânica quântica explica a alma, não é professor?" Bem, quando eu ouço coisas desse tipo eu me lembro de um dos maiores físicos ainda vivos, Stephen Hawking, que teria dito  "When I hear of Schrödinger's cat, I reach for my gun" (Quando ouço falar do gato de Schrodinger, eu procuro minha arma), e de um dos maiores físicos que já existiu, Richard Feynman, que teria dito "It is safe to say that nobody understands quantum mechanics" (É seguro dizer que ninguém entende a mecânica quântica).

Eu mesmo não acho que entendo a mecânica quântica (e olha que eu estudei esse negócio, como qualquer físico teórico). No entanto, entendo um pouquinho a ciência, de forma geral: mecânica quântica é um ramo da ciência como qualquer outro, com área de aplicabilidade bem definida. Não dá para explicar, por exemplo, a digestão dos alimentos no organismo humano usando a teoria da relatividade: a teoria da relatividade não tem essa função. Do mesmo modo, não dá para explicar um monte de coisas com mecânica quântica: a mecânica quântica não é uma teoria mágica e todo-poderosa que explica tudo. É só uma teoria boa para explicar o funcionamento de algumas estruturas pequenas - e só. Usá-la para explicar, por exemplo, a alma, a homeopatia ou a evolução é charlatanismo ou ignorância (ou ambas as coisas).

Usar a mecânica quântica para vender livros (ou filmes, ou conceitos, ou "sabedoria") a mentes jovens e impressionáveis é mais do que charlatanismo ou ignorância: é estelionato intelectual, algo como vender terrenos no céu, ou algo como usar sexo para vender qualquer coisa...

Enfim, é uma pena que as pessoas queiram explicações mágicas: eu só posso indicar explicações honestas.

(imagem: gatinho revoltado da desciclopedia; esta postagem, cujo título saiu de uma postagem noutro blog que achei por aí, faz parte de uma blogagem coletiva)

2 comentários:

Luis Felipe disse...

Um post desse deveria ter na descricao de toda comunidade relacionada a fisica no orkut.

Dedalus disse...

Caro Luis Felipe,

É verdade: o nível de informação das pessoas que freqüentam não só o Orkut, mas a internet de forma geral, não é mesmo muito grande. Mas podia ser pior: pelo menos as pessoas sabem que existe algo chamado física quântica - basta agora informá-las melhor sobre o quê é isso.

Um abraço!